Raul Seixas: o lado B do lado A

Você já deve conhecer o lado A do cantor e compositor Raul Seixas. O estereótipo criado gira em torno de chavões como maluco beleza, doidão, anarquista,  drogado  e afins. Reconhecido como um dos pioneiros da contracultura no Brasil, ele integrou a turma do desbunde, aquela galera que escutava rock, lia os poetas beat, fazia filmes em Super-8, não cortava os cabelos e preferia  fumar  maconha  a pegar em armas. Contra a violência da ditadura militar, curtição e ações pacíficas.

Clique aqui para continuar a leitura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s