Raul Seixas – Alternative Gesellschaft (Sociedade Alternativa mit deutschen Untertiteln)

Anúncios

O que é isto – o Novo Aeon?

O que é isto – o Novo Aeon? A palavra latina aeon apresenta os sentidos de era, tempo, geração ou eternidade. Sua origem etimológica é o vocábulo grego Aiôn, nome próprio de uma entidade alegórica, filha de Cronos. Aiôn, um dos conceitos gregos de tempo, se reveste de diversos sentidos: tempo sem idade, eternidade, idade, geração e século.

Enquanto experiência de tempo, a palavra pode se referir tanto ao período que a pessoa já viveu quanto ao período que ainda viverá. Pode significar, ainda, o passado obscuro e distante ou o futuro longínquo. Em outra perspectiva, apresenta os sentidos de vida, duração da vida, medula espinhal, substância vital, esperma, suor (PAIVA, 2000; PEREIRA, 1998).

No pensamento de Raul Seixas a polissêmica experiência do Aeon fundamenta-se na doutrina ocultista do mago, poeta e escritor inglês Aleister Crowley, especialmente em seu Liber AL vel Legis, obra mais conhecida como Livro da Lei. Crowley afirma que cada grande período espiritual (Aeon) é caracterizado por uma fórmula mágica que consistiria no enunciado de como os fatos e as teorias cosmológicas são percebidos, podendo tomar a forma de axiomas ou conjuntos de símbolos que aumentariam a capacidade dos indivíduos de perceberem a si mesmos e ao universo.

Crowley reconhecia nos deuses egípcios Ísis, Osíris e Hórus (respectivamente mãe, pai e filho) as fórmulas mágicas características dos três últimos Aeons. O primeiro, a fórmula da Grande Deusa, teria começado aproximadamente em 2.400 a.C., data que também marcaria o começo da era astrológica de Áries. O período seria marcado pelo matriarcalismo, em que a natureza era percebida como um processo contínuo de crescimento espontâneo e as mulheres eram vistas como fontes da vida.

[…]

Leia mais em Novo Aeon: Raul Seixas no torvelinho de seu tempo.